Acesse Seu Processo

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,99 5,00
EURO 5,35 5,35

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Notícias

Wellington relata reunião que discutiu reposição salarial a professores da Uema 16h22

Na sessão plenária desta quarta-feira (24), o deputado Wellington do Curso (PSC) destacou a reunião da Comissão de Educação da Assembleia com representantes do Sindicato do Professores da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), durante a qual foi discutida a reposição salarial reivindicada pela categoria. De acordo com o parlamentar, os docentes da instituição acumulam perdas de 50,28% desde a gestão Flávio Dino.  Wellington contou que  apresentou o Projeto de Lei 247, que prevê a implantação da 'Mesa Permanente de Negociação dos Servidores Públicos'. “Nossa luta pela recomposição salarial para os servidores públicos, incluindo os professores da Uema, é permanente. Por isos, contem com o nosso apoio”, disse.  Nomeação O parlamentar também falou sobre a nomeação de aprovados em concursos públicos da Polícia Militar, Polícia Civil, Instituto de Previdência (Iprev), Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Aged), Detran e Procon, entre outros.  Além disso, ele informou sobre as reuniões que acontecerão esta semana, em Barreirinhas, para discussão de assuntos ligados às temáticas do turismo e cultura. Um dos encontros, no povoado Mandacaru, discutirá o tráfego de quadriciclos, UTVs, Toyotas e carros no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Por último, apresentou denúncias que dizem respeito ao Hospital da Criança e cobrou providências. “Recebemos mais de 20 denúncias e resolvi ir pessoalmente lá. Cheguei na unidade por volta de 21h e constatei o que haviam me dito: mães e crianças aguardando atendimento desde às 8h. Um verdadeiro absurdo e uma crueldade”, relatou. Ele revelou, ainda, que, à noite, não há coordenação no hospiral, apenas supervisão. “Fui recebido por uma enfermeira, que me explicou a situação, mas que não justificava o fato de mães e crianças estarem aguardando atendimento desde as 8h”, finalizou.
24/05/2023 (00:00)
© 2023 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia